O projeto HYDROREUSE abrange vários objetivos para a caracterização, tratamento e reutilização de águas residuais agroindustriais, que englobam as seguintes atividades:

1) Caracterização físico-química e avaliação do risco ambiental das principais águas residuais agroindustriais brutas (Tarefa 1);

2) Desenvolvimento e aplicação de um pré-tratamento novo e económico às águas residuais agroindustriais com caraterização físico-química das lamas geradas (Tarefa 2);

3) Desenvolvimento de sistema hidropónico de dupla função inovador para o tratamento de ARAI pré-tratadas usando plantas de tomate, avaliando a eficiência deste sistema para remover matéria orgânica e nutrientes (Tarefa 3);

4) Determinação das estratégias bioquímicas das plantas de tomate para o tratamento de água residual por sistema hidropónico através de caracterização biométrica, química e molecular (Tarefa 4);

5) Avaliação do efeito do sistema hidropónico de dupla função sobre a produção e qualidade dos frutos de tomate (Tarefa 5);

6) Avaliação do efeito do sistema hidropónico de dupla função sobre a vida de prateleira dos frutos de tomate (Tarefa 6);

7) Monitorização das propriedades dos efluentes hidropónicos para determinar o nível de contaminação e aplicação de processos de oxidação para afinar os efluentes provenientes do sistema hidropónico (Tarefa 7).

 

Os estudos estão a ser desenvolvidos nos laboratórios do CEBAL e da ESAB/IPBeja, desde 1 de Julho de 2016. A instalação do sistema hidropónico é realizada no Centro Hortofrutícola da ESAB/IPBeja.

 

                      

 

O Projeto      |         Missões e Objetivos        |      Atividades e Tarefas