Missões

O projeto está inserido no Programa Operacional Regional do Alentejo – ALENTEJO 2020 (ALT20-03-0145-FEDER-000021), estando alinhado com a estratégia de I&I para uma especialização inteligente do Alentejo nos domínios: “Alimentação e Floresta” e “Economia dos Recursos Minerais, Naturais e Ambientais e apresenta as seguintes missões:

  • desenvolvimento de tecnologias inovadoras que permitam um avanço significativo na área de tratamento de águas com resolução de problemas complexos (águas residuais agroindustriais) e produção sustentável (com proteção ambiental) de novos produtos agroalimentares (frutos de tomate com características melhoradas);
  • aumento da competitividade do setor agroalimentar;
  • estudo de novas tecnologias agroalimentares mais evoluídas, com maior produtividade e ambientalmente sustentáveis (hidroponia);
  • preocupação com a alteração do comportamento do consumidor (qualidade, validade, segurança, origem, responsabilidade, propriedades e inovação);
  • valorização integrada dos subprodutos através de biotecnologia;
  • utilização sustentável dos recursos e gestão de resíduos para a utilização em novos processos;
  • redução do impacte ambiental;
  • proteção, conservação e preservação dos recursos naturais existentes;
  • incorporação de boas práticas agrícolas,
  • promoção de uma economia verde, circular e “Zero Resíduos” na região do Alentejo, através do desenvolvimento de atividades de investigação fundamental e aplicada e interação efetiva com as empresas para promover os conhecimentos adquiridos no âmbito do referido projeto e detetar oportunidades de negócio para criação de novas empresas (transferência de tecnologia), com crescimento do emprego e da economia da região.

 

Objetivo principal e objetivos específicos

O projeto HYDROREUSE pretende desenvolver processos inovadores para a gestão das principais águas residuais agroindustriais produzidas na região do Alentejo (provenientes de matadouros, adegas, lagares e queijarias) através de uma linha de tratamento/reutilização composta por tecnologias de baixo custo e amigas do ambiente, nomeadamente pré-tratamento novo, sistema hidropónico de dupla função com produção de frutos compatíveis com as necessidades do Mercado e processos de oxidação. O projeto tem como objetivos específicos:

  • Caracterização físico-química e avaliação do risco ambiental das águas residuais brutas.
  • Desenvolvimento e avaliação da eficiência de remoção de processos inovadores: pré-tratamento e sistema hidropónico de dupla função usando plantas de tomate.
  • Avaliação do efeito do sistema hidropónico sobre as estratégias bioquímicas das plantas, produção e qualidade dos frutos de tomate.
  • Aplicação e avaliação da eficiência de processos de oxidação para o tratamento de efluentes hidropónicos.

 

 

Assim, através do projeto HYDROREUSE pretende-se:

Aumento da disponibilidade de água
As condições climáticas, o desenvolvimento da população e a crescente industrialização, na maioria dos países Mediterrânicos, têm aumentado a pressão para a procura de novas fontes de água. Assim, com o projeto HYDROREUSE pretende-se aumentar a disponibilidade de água tratada que pode, por sua vez, ser utilizada tanto na agricultura como nos processos industriais. 

Redução dos impactes ambientais
Sendo as águas residuais agroindustriais matrizes bastante complexas com elevadas concentrações de matéria orgânica, sólidos suspensos, nutrientes e sais, o projeto HYDROREUSE pretende minimizar os impactes no ambiente e na saúde pública causados pela sua descarga no meio hídrico.

Reutilização agrícola através da produção de frutos de tomate
Através da reutilização das águas residuais por sistema hidropónico a água residual, um recurso de baixo custo, serve como fonte de nutrientes, matéria orgânica e água para a planta e, em troca, ocorre o tratamento da água por remoção de matéria orgânica e nutrientes. Para além disso, os biosólidos gerados nos processos (lamas) poderão ter elevado valor comercial como fertilizantes agrícolas.

Descarga no meio hídrico
Desenvolvimento de tecnologias inovadoras para o tratamento de águas residuais agroindustriais com diminuição da contaminação química e microbiológica. Assim, estão a ser realizados estudos à escala laboratorial das condições operacionais dos tratamentos químicos e biológicos com vista à descarga das águas no meio hídrico e aplicação agrícola.

O Projeto      |         Missões e Objetivos        |      Atividades e Tarefas